Avançar para o conteúdo

Qual a melhor posição para dormir, e que colchão escolher?

Quem nunca acordou com uma dor nas costas inesperada e ouviu a justificação de um amigo “isso foi porque não escolheu a melhor posição para dormir”? Na verdade, como adormecemos e passamos a noite é tão importante para a nossa saúde como a alimentação. Assim como para resguardar das dores e outros problemas musculares no corpo. Mas não só, existem outros fatores que também influenciam decisivamente o bem-estar físico, por isso é essencial escolher uma melhor posição para dormir.

Por exemplo, uma boa posição durante o sono garante um melhor sono, continuo, sem interrupções, o que melhora desde logo o relaxamento do corpo. A posição influencia também se vai ressonar durante a noite ou ter refluxo gástrico, por exemplo. E, tudo isto, está quase sempre relacionado com o colchão que usa. Ou seja, o conforto da sua noite de sono está diretamente relacionada com esses dois fatores. Um bom travesseiro também é uma das dicas a ter em conta para dormir melhor.

Não existe assim uma resposta certa à pergunta “qual a melhor posição para dormir?”, visto que existem vantagens e desvantagens para cada uma delas e varia de pessoa para pessoa. Mas é fundamental, termos noção dessa realidade e podermos melhor adaptar as nossas necessidades à nossa forma de dormir. E, para isso, o colchão correto é igualmente fundamental. Nas linhas seguintes procuramos ajuda-lo com algumas das melhores dicas sobre esta matéria, para ficar com mais informações sobre este assunto tão considerável para o benefício da nossa saúde.

A Melhor posição para dormir?

Dormir de barriga para cima

Esta é uma posição muito comum para se dormir. Com um travesseiro ou mais, deitar de barriga para cima é cómodo, mas não ideal, porque também pode comportar alguns riscos para a saúde. É que, se a cabeça estiver muito elevada, favorece uma postura mais corcunda para a sua coluna, criando problemas na região lombar e no pescoço. Ainda por mais, é uma posição que leva quase sempre a ressonar durante o sono e até mesmo a problemas de apeia, porque a passagem de ar pela boca torna-se mais difícil. E para casais, dormir com alguém que ressona ao lado pode não ser a melhor posição para dormir. Aliás, é uma causa que pode levar a problemas sérios de relacionamento.

No entanto, esta é uma boa opção de sono para casos de lesões nos braços, por exemplo, ou mesmo na cara. É ainda uma posição que favorece situações em que está bloqueado no nariz, devido a uma gripe, por exemplo, pela mesma razão pela qual favorece o ronco: é que torna melhor a passagem de ar pela boca. Assim, uma das dicas para tornar esta posição melhor para o seu sono, é meter também um travesseiro debaixo dos joelhos. Se esta é uma das suas posições favoritas para dormir, então tenha cuidado na escolha do melhor colchão também, já que é relevante que este tenha flexibilidade suficiente para receber o peso do seu corpo e se adaptar às suas curvas.

Dormir de barriga para baixo

Dormir de barriga para baixo é outra das posições mais comuns para se adormecer, mas é extremamente desfavorável para o pescoço e coluna. Especialmente para o pescoço, dado que este fica de lado e em pressão durante um grande período. Visto que a sua coluna não fica na sua posição natural, é provável que vá desenvolver dores nas costas no dia seguinte. E é uma posição que exige um espaço maior, porque leva a que se estique mais na diagonal, ocupando muito mais espaço do que qualquer outra.

Contudo, há formas de mitigar estes problemas. Uma dica será manter um travesseiro fino debaixo da zona do abdómen, estará a retificar um pouco a posição natural das suas costas. Esta é também uma das posições alternativas a quem tem o cóccix ou o quadril lesionado e não consegue estar deitado de lado. Para quem gosta de dormir de bruços deve também evitar colchões muito firmes, uma vez que estará a colocar mais pressão na coluna. Neste caso, os colchões de espuma viscoelástica são a melhor escolha.

Dormir de lado

Segundo estudos efetuados sobre a qualidade do sono, dormir de lado é a opção favorita da maioria das pessoas. Afinal de contas, esta é uma posição muito confortável e quase natural. Pode melhorar o seu conforto adicionando uma almofada mais pequena entre as pernas, para garantir uma maior naturalidade das posições da sua coluna e pescoço, mantendo-se totalmente apoiados. Além do mais, existe evidência que demonstra que, se dormir sobre o seu lado esquerdo, tem igualmente benefícios na circulação sanguínea e no favorecimento da digestão. Algumas pesquisas médicas indicam que as pessoas que dormem sobre o lado esquerdo dormem melhor e são até mais saudáveis que aquelas que preferem dormir sobre o lado direito.

Contudo, esta posição comporta alguns riscos se escolher os travesseiros errados. Um travesseiro muito alto debaixo do pescoço ou entre as pernas irá desequilibrar o seu corpo e a distribuição da coluna, criando tensões que levarão a dores e lesões musculares. Procure combinar ainda isto com um colchão com a firmeza mais apropriada, para garantir a posição ideal para o seu sono. Procure ajuda especializada que lhe consigam indicar qual a firmeza aconselhada para alguém do seu peso e altura. Só assim conseguirá garantir um sono tranquilo e relaxante, levando consequentemente a um melhor bem-estar físico e mental.

Dormir em posição fetal

Esta é uma posição muito natural para dormir, já que acaba por ser a posição em que nos desenvolvemos no útero da mãe. É relaxadora e reconfortante, especialmente com ao travesseiro certo. É extremamente normal que recorramos muitas vezes a esta posição, até mesmo em situações em que nos sentimos menos bem. No entanto, também tem algumas desvantagens para a sua saúde, para as quais é necessário prestar alguma atenção porque pode não ser a melhor posição para dormir.

É que esta posição privilegia também uma postura menos correta e mais corcunda, uma vez que a cabeça está mais para a frente do que o resto do corpo. Além disso, é fácil que a coluna fique arqueada e não totalmente apoiada, o que obviamente não é bom para a saúde. Por isso, uma dica muito importante para quem dorme desta forma, é que o tipo de colchão seja macio o suficiente, para ele receber o peso do corpo e se afunde o suficiente para se moldar às suas curvas. Se o for menos denso, esta é uma posição que leva às maiores dores musculares no dia seguinte.