Avançar para o conteúdo

Colchão bebé, como escolher?

Preparar a chegada de uma criança à família exige um grande investimento no enxoval. Um carrinho para a rua, uma cadeirinha para o automóvel, roupas, brinquedos… Contudo, poucas escolhas são tão importantes para o futuro do bebé como o berço e o respetivo colchão. Afinal de contas, o colchão bebé e a cama é responsável por um correto desenvolvimento da criança, enquanto garante a sua segurança e o seu conforto durante o sono.

como escolher o colchão para bebé

Infelizmente, nem sempre é fácil tomar a melhor decisão no que diz respeito ao colchão de bebé porque é difícil encontrar informação disponível sobre os mesmos, para poder escolher de forma correta. Além disso, também não existe muita variedade de modelos no mercado ou tão pouco lojas especializadas. Assim, é fundamental estar informado sobre todas as características dos colchões e estar ciente das reais necessidades da criança, antes de comprar.

O modelo, o tamanho, a densidade como o material, são tudo características fundamentais para escolher um bom e adequado colchão para o berço de bebé. Mas entre a teoria e a prática vai uma longa distância, até porque são poucas as marcas que disponibilizam alguma desta informação nos seus modelos. Além disso, existe a tentação de escolher modelos mais baratos, colocando em causa a qualidade dos mesmos. É que estes são, normalmente, mais macios e menos densos que o recomendado, colocando em causa o conforto e até mesmo o desenvolvimento do bebé. 

É claro que não existe uma resposta correta quando se pergunta qual o colchão para o berço de bebé ideal para comprar. Tudo depende das reais necessidades do casal e da criança, assim como das suas possibilidades económicas. Por isso, é fundamental estar ciente de todas estas informações, para poder analisar, comparar e escolher as melhores opções para si. O ideal é mesmo adotar uma postura sensata, responsável e inteligente no momento de escolher, para tomar a melhor decisão para a criança. 

O que procurar num colchão de bebé

Os colchões são fundamentais para a saúde física e mental de qualquer pessoa e, no caso dos bebés, isso não é diferente. No entanto, as características que buscamos neste caso são um pouco diferentes. Começando logo pela segurança, um facto determinante no berço e, respetivamente, no colchão de bebé.

Como tal, o colchão deve estar adaptado perfeitamente ao berço, sem folgas ou espaçamentos superiores a 3 centímetros, onde a criança se possa magoar. É certo que estes obedecem quase sempre as medidas padrão, até mesmo para evitar estes perigos, mas é fundamental certificar-se sempre que o colchão de bebé está de acordo com a dimensão do berço para evitar dissabores. O ideal até é recorrer sempre ao colchão recomendado pela marca do próprio berço. Afinal de contas a segurança do seu bebé é o mais importante.

Além disso, deve optar sempre por um colchão de bebé bem firme. Existe por vezes a ideia errada de que um colchão macio é mais confortável para as crianças. Isso pode ser verdade para jovens mais velhos, mas não para bebés. É certo que até pode parecer contra-natura, mas isso explica-se facilmente. É que um colchão macio afunda com mais facilidade com o peso do corpo, deixando o bebé desconfortável e até podendo levar a momentos de asfixia.

Assim, uma dica para experimentar se o colchão de bebé tem uma densidade elevada e, como tal, recomendada, é pressiona-lo no centro com a mão. Se este se moldar à nossa pressão e mantiver a forma mesmo quando aliviamos a pressão, é porque não é recomendado para uma criança pequena. É que isso significa que a criança terá dificuldade em se movimentar e em mudar de posição, criando desconforto e até a possibilidade de dores.

Finalmente, mas não menos importante, o colchão do berço de bebé deve ainda permitir respirar. Para isso, é importante ter ventilação no rebordo, para o ar circular e evitar a acumulação de odores. Opte também por capas de material espesso, que aumentem a durabilidade do colchão, até porque estamos a falar de um investimento elevado por um período de tempo relativamente curto. E, claro, que sejam fáceis de limpar. Para isso, opte por capas removíveis, que possam ser lavadas na máquina ou no chuveiro, por exemplo. Também é importante que seja feito em material antialérgico e que tenha uma proteção impermeável. Todas essas pequenas dicas são importantes na hora de comprar o colchão para o seu bebé.

colchão bebé
Foto de Polina Tankilevitch no Pexels

Tipos de colchão de bebé

Encontra no mercado vários tipos de colchão para berço de bebé, até porque este é um sector que se tem desenvolvido bastante nos últimos tempos, com consideráveis avanços da tecnologia. E, entre eles, a principal diferença prende-se com os materiais. Afinal de contas, ao comprar uma cama de bebé pode optar pelos tradicionais colchões de molas, os populares de espuma e, mais recentemente, os orgânicos.

Assim, os colchões de molas são os mais antigos e continuam a ser dos mais vendidos, até porque são aqueles que oferecem a melhor relação entre preço e qualidade. Por sua vez, os colchões de espuma tornaram-se muito populares, até porque são mais leves e práticos de manusear. Contudo, é fundamental garantir que estes têm a densidade e a espessura indicada para bebé. 

Finalmente, os colchões orgânicos são aqueles que são feitos a partir de materiais naturais, como o algodão, a lã, a fibra de coco, a espuma vegetal ou o látex natural, podendo ser de molas ou de espuma. São produtos bem mais caros, mas mais saudáveis para o seu bebé. É que, segundo os seus defensores, os outros colchões libertam gases tóxicos resultados dos produtos químicos utilizados na sua composição. No entanto, não existe qualquer evidência científica sobre estes comportamentos alegadamente nocivos para a saúde das crianças. 

Recentemente, começaram a surgir com maior regularidade lojas de produtos para bebé em segunda mão, além das possibilidades online. Essas são soluções mais económicas e, obviamente, mais apelativas, mas no caso do colchão de bebé deve ser evitado. É que estes, além de poderem vir danificados com rasgões ou buracos, estiveram expostos a vómitos ou a xixis de outro bebé e podem ter desenvolvido algum tipo de contaminação por bactérias. Assim, é sempre recomendado gastar um pouco mais de dinheiro, mas optar por um colchão de bebé novo.