Avançar para o conteúdo

Colchão inflável de casal – O guia definitivo

Longe vão os tempos em que os colchões infláveis eram opções de recursos, utilizados sobretudo para acampar ou em casas pequenas, sem quarto de hóspedes. Hoje em dia, com o avanço da tecnologia, estes tornaram-se tão confortáveis, seguros e firmes quanto um colchão tradicional, assumindo-se como uma ótima alternativa aos colchões de molas ou de espuma. O guia para escolher um colchão inflável de casal.

A razão da má fama deste tipo de colchões explica-se de forma fácil e rápida. Quando surgiram, entre o final da década de 70 e o início da década de 80, os colchões inflável de casal e de solteiro eram feitos de materiais de baixa qualidade e com problemas estruturais. Isso fazia com que a sua durabilidade fosse muito limitada, até começarem a deformar-se e a se tornarem altamente desconfortáveis.


Hoje em dia isso já não acontece e um colchão inflável de casal pode mesmo ser uma ótima alternativa a uma cadeira ou a um sofá para descanso. Afinal de contas, ao contrário destes, o colchão inflável de casal permite outro tipo de conforto, especialmente devido ao seu tamanho. Por isso, não é de admirar que este tipo de colchão esteja a regressar e a voltar a ter grande popularidade. Por isso, abram alas para o colchão inflável e para tudo o que necessita de saber sobre este tópico.

A nova tecnologia dos colchões infláveis

Quando surgira, os colchões infláveis não eram muito diferentes daqueles que utilizamos na praia ou na piscina. Na passagem da década de 70 para 80, esse tipo de colchões eram feitos de um tipo de plástico barato e com pouca resistência, que fazia com que, em menos de um mês, começassem a ter problemas em vedar o ar e a manterem a sua forma original.

No entanto, esses dias são já um passado distante. A tecnologia evoluiu de forma brutal e não é por acaso que a satisfação dos consumidores aumentou exponencialmente. Dentro dos vários modelos disponíveis no mercado é o colchão inflável de casal aquele que sai a ganhar. Os colchões infláveis modernos devem ser cada vez mais tidos em conta como produtos sérios, de qualidade e duradouros. E são uma ótima opção para quando tem visitas em casa ou mesmo para relaxar na sua sala em frente à televisão.

É que, além de terem melhorado de qualidade, o colchão inflável de casal ganhou também em tempos estéticos. Existem cada vez mais modelos disponíveis no mercado de grande elegância, que os tornam numa opção privilegiada de decoração. Na última década, as vendas deste tipo de produto tem aumentado de forma brutal, atingindo mesmo máximos históricos. O colchão inflável de casal ou de solteiro já não é mais o parente pobre dos colchões.

colchão inflável de casal
Foto de Max Vakhtbovych no Pexels

O que ter em conta ao escolher um colchão inflável

Hoje em dia, o mercado tem tantos modelos diferentes de colchões inflável que o mais difícil é mesmo decidir qual comprar. Por isso, primeiro que tudo, há que adotar uma postura sensata, responsável e inteligente. Posto isso, eis as características que deve ter em conta antes de fazer a sua escolha. São elas:

– o material utilizado no colchão;

– a estrutura interna;

– a bomba de enchimento;

– a segurança;

– a possível toxicidade dos materiais usados;

– o preço.

Atualmente, este tipo de colchão é feito sobretudo de vinil, esse tipo de plástico mais flexível e, ao mesmo tempo, mais resistente. A chegada ao mercado de marcas mais jovens veio injetar sangue novo no sector, beneficiando largamente o consumidor. Ao aumentar as suas opções de escolha, este passou também a beneficiar de preços mais competitivos. As marcas tradicionais deste tipo de colchões, c como a Coleman ou a Intex, deixaram de ter o monopólio do mercado, que se tornou mais eclético e diversificado.

Um colchão inflável de casal é agora mais resistente e, como tal, mais duradouro. Os vazamentos e as perdas de ar passaram a ser mais difíceis e estes deixaram de se danificar com a mesma facilidade. Por exemplo, dantes era impossível ter um colchão inflável e um gato, uma vez que este era incompatível com as suas unhas afiadas. Hoje em dia, com o novo tipo de vinil utilizado no seu fabrico, essa situação de incompatibilidade já não acontece.

No entanto, não é só a durabilidade que caracteriza um bom colchão inflável de casal. Outras qualidades têm sido introduzidas nestes produtos, para benefício do consumidor, que assim sai a ganhar no seu bem-estar, tanto físico quanto psicológico. É o caso dos acabamentos. Há cada vez mais modelos com diferentes tipos de revestimento, mais macios e não escorregáveis, que os tornam mais confortáveis e cada vez mais próximos do conforto de um colchão tradicional.

Finalmente, mas não menos importante, tenha também em consideração a bomba de enchimento. Uma das grandes vantagens de um colchão inflável é poder esvazia-lo e guarda-lo debaixo da cama sempre que não necessita dele. Contudo, isso só é realmente vantajoso se o seu enchimento for rápido, eficiente e fácil, o que nem sempre acontecia. Hoje em dia, a tecnologia das bombas tornou-as mais eficazes e rápidas, tornando os colchões infláveis em produtos ainda mais úteis.

Assim, quando for comprar um novo colchão inflável de casal, tenha em consideração três últimas coisas. Primeiro, avalie as suas reais necessidades. Ou seja, onde vai colocar o colchão e guarda-lo? Depois, pergunte a si próprio com que regularidade vai precisar dele. E, finalmente, quem é que o vai utilizar? As respostas a estas perguntas vão ajuda-lo a tomar as últimas decisões, nomeadamente no que diz respeito ao preço e ao seu orçamento que está disposto a gastar nessa aquisição.